Douglas Crockford & Javascript – Parte 1 – The Early Years

Devo confessar minha ignorância, faz pouco tempo que conheço Douglas Crockford, há mais ou menos 1 ano. Conheço de saber que ele existe, não de visitá-lo para fazer um churras.

Mas me sinto muito envergonhado por isso e um pouco desapontado por ter demorado tanto tempo para saber da sua existência.

Isso porque poderia ser um programador melhor agora, poderia ter pesquisado as coisas certas.

Uma das grandes dificuldades que tenho, e talvez devam ter também é saber no que perder tempo para se tornar um bom profissional.

Bom, esse post e os demais dessa série tem haver com isso, eu não tenho a pretensão de dizer qual o caminho que devem tomar, mas sei que Douglas Crockford pode ajudar a achá-lo mais fácilmente.

Se você trabalha com Javascript DEVE conhecê-lo. Se você não trabalha e odeia Javascript, deve conhecê-lo mais do que ninguém.

Se você gosta de Javascript e pensa que é uma linguagem ruim, fraca e está além das linguagens como Java, C# e outras, vai começar a pensar muito diferente após saber sobre de onde esta linguagem veio e para onde vai, conhecendo seu lado negro e seu lado jedi, vai perceber o quão genial ela é.

Como nem todos conhecem ou ouviram falar no Douglas, farei minha contribuição para a comunidade e presentear aqueles que gostam do meu blog.

Enjoy 😉